INCC-M subiu 0,26% em Novembro


O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) subiu 0,26% em novembro, abaixo do resultado do mês anterior, que foi de 0,33%. O índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços teve variação de 0,56%, acima do mês anterior, quando a alta chegou a 0,46%. O índice referente à Mão de Obra não variou, no mês anterior este índice havia registrado alta de 0,22%.

Materiais, Equipamentos e Serviços

No grupo Materiais, Equipamentos e Serviços, a variação correspondente a Materiais e Equipamentos foi de 0,63%, ante 0,50% no mês anterior. Dos quatro subgrupos componentes, apenas materiais para estrutura apresentou acréscimo em sua taxa de variação, a qual passou de 0,19% para 0,62%.

A variação relativa a Serviços passou de 0,32%, em outubro, para 0,27%, em novembro. Neste grupo, vale destacar a desaceleração da taxa do subitem aluguel de máquinas e equipamentos, a qual passou de 1,27% para 0,24%.

Mão de obra

O índice referente à Mão de Obra não registrou variação no mês de novembro, no mês anterior este índice havia subido 0,22%.

Capitais

Cinco capitais apresentaram desaceleração em suas taxas de variação: Salvador, Brasília, Recife, Rio de Janeiro e Porto Alegre. Em contrapartida Belo Horizonte e São Paulo apresentaram acréscimo em suas taxas de variação.

Acesse o press release


 

Por Portal FGV IBRE

baixada santistacontabilidadecontabilidade baixada santistacontabilidade fiscalcontadorcontadores associadoseconexescritório de contabilidadelegislaçãosantostributáriotributos